Wednesday, September 26

Inferno #171: A música nova do millennium bcp.

"Um pequeno t2, onde podemos viver os dois
lararara um carro com tecto de abrir
lararara tenho que virar a minha vida de pernas para o ar".


O Ricardo Azevedo é um senhor que um dia, provavelmente porque não tinha nada que fazer, decidiu escrever uma música (cujo essencial está aí em cima, entre aspas). Foi claramente uma má decisão (os motivos estão também aí em cima, a negrito). Mas pelos vistos, o Millennium bcp pensa o contrário.
Eu cá não sou expert em música. Mas até sei algumas coisas. Por exemplo, sei que "t2" rima com "os dois" porque, enfim, É A MESMA PALAVRA. Depois há a tal questão do carro com tecto de abrir. Eu também quero muita coisa e não a apanho! Tem dias em que a única coisa que apanho é o 35 que vai ali para o Cais do Sodré... Por fim, acho que "virar a vida de pernas para o ar" [olha!, uma rima, há quanto tempo!!] não é lá muito bom. Porque isso implicaria estar constantemente a fazer o pino. Mas é só uma opinião...

Pronto, está bem, o senhor Ricardo Azevedo (que tem mais nome de futebolista do que de cantor - ah..., talvez seja por isso que a música não é lá grande coisa!!) quer ser feliz. Eu também quero, mas não ando para aí a cantar para cima das pessoas numa carrinha cor-de-rosa!

*O execrável anúncio pode se visto aqui, mas por favor não faça esforços que pode não aguentar!!

10 comments:

footprints said...

Mas então o que é isto? Mal se olha pró lado, este blog que raramente produzia coisas (sim, porque cheguei recentemente à conclusão que quem produz são os blogs e não os autores) de repente, desata a aparecer com post atrás de post? E nem se avisa? Ai a vidinha! A dona do blog que cuide melhor da divulgação. Que diabo, o blog não pode fazer tudo sozinho!

Enfim, sobre o inferno 171 tenho a dizer que dois rima com dois, sim senhora. Pois se até, como lá é dito, são a mesma palavra, como é que não haveriam de rimar?!

Voltarei com mais tempo para ler os infernos que perdi.

;)

amelinha said...

Millennium é com 2 nn.
Fica o reparo.
não é por nada, mas talvez seja esta a solução da charada do 2!
Pronto, não tem piada. era só uma ideia.

mais, eu até tenho crédito nesta instituição, mas não tenho 0% de spread. Publicidade enganosa?

E sim! gostava de ver o Ricardo Azevedo a jogar à bola. DEsde que jogasse no benfica, ficava contente. POrque deve ser um tarolo em campo.

Francisca C. said...

Já corrigi. Obrigada :-)

E aproveito para dizer um 'olá', que já não nos encontrávamos aqui há algum tempo.

E agora fiquei com uma bonita imagem do Ricardo Azevedo a jogar à bola e a cantar (num camião cor-de-rosa - ou fúschia, para os mais sensíveis).

amelinha said...

Nada comum equipamento assim pode ficar bonito! nem o johnny depp (ai que sacrilégio).
Mas isto são opiniões.
Boas tardes! já não nos escontravamos há muito, sim senhora :)
Isto de Inferno para Inferno, espero por ti no meu purgatório ;)

Verinha said...

Em 1º lugar o moço referido (Ricardo Azevedo) é um borracho e só por isso já vale ouro..LOL Mas a sério, a musica é super divertida, gira e animada malta, não têm porque falar mal... Confessem até entra no ouvido e dá vontade de cantarolar... N sejam assim mauzinho porque muita gente gosta!

francisca c. said...

Pois, são opiniões...
Para mim, 'n entra' simplesmente.

Sónia said...

A música do Ricardo tem uma letra simples mas graças a isso toda a gente a sabe cantar e a musica é muito gira! Desde adultos a crianças ouço por todo lado a cantarolar, é sinal que os objectivos do artista foram cumpridos e para mim muito bem cumpridos porque gosto mesmo da música. Não fica bem andarem para aí a dizer mal só por dizer e porque não têm mais que fazer. É o trabalho de uma pessoa e têm que o respeitar se querem também algum respeito!

Francisca C. said...

Eu respeito o senhor e a música dele, mas não gosto. E tenho o direito de não gostar, do mesmo modo que quem gosta tem diretito de gostar.
E do mesmo modo que quem gosta da música e/ou do senhor que a canta, pode cantarolá-la e exclamar alegremente "Ah!, que bela música, vou cantarolá-la!". Eu, como pessoa que não gosta da música, posso perfeitamente dizer mal dela.
Não é uma questão de não respeitar o senhor e o trabalho que ele faz, mas de simplesmente não me identificar.

Anonymous said...

seu anormal do caralho, se comprasses o cd e ouvisses as musicas todas, ja mudavas de opiniao.
Agora julgar uma pessoa so por causa de uma musica, é mesmo de um perfeito anormal.

Francisca C. said...

Pois...
Comentar de forma tão educada, com um argumento tão de atirar para o lixo e linguagem tão pouco polida (ordinária, mesmo), também é uma atitude de perfeito anormal...

Em primeiro lugar, eu não falei do cd do senhor; falei de uma música dele e do anúncio em que a usaram. E NÃO GOSTO. Porque não gosto, e posso não gostar, porque sou eu quem decide as coisas de que gosta ou deixa de gostar. Em segundo lugar, foi ele que escolheu lançar primeiro essa música, para PUBLICITAR O ÁLBUM (escolha dele, eu posso não gostar). Em terceiro lugar, acho que não é preciso ouvir o cd do Emanuel para perceber que não gosto (ah, mas se calhar tu até gostas, desculpa). Mas, MAIS UMA VEZ, digo: EU NÃO FALEI DO CD DELE, FALEI DE UM EXCERTO DE UMA MÚSICA QUE PASSA NO ANÚNCIO DO BANCO. E, claramente, tiveste alguma dificuldade em perceber o tom satírico do post. Pena é que não saibas guardar a linguagem menos educada para ti.