Thursday, November 23

Inferno #136: cozinha(r).

Tomar a liberdade poética.
De cortar os vegetativos com uma faca de dois gumes.
Para cozinhar uma cidade queimada.
Acompanhar com chuva ácida caída sobre as sete colinas.
Como sobremesa, o chapéu da baiana ou fruta da desépoca.

2 comments:

Sofia said...

Desculpa a invasão...vim parar aqui por acaso...mas gostei do que vi...
Está excelente!!!

Francisca C. said...

:)